Plaev, HTML5 e Skeleton-jigsaw

Depois de muito tempo desenvolvendo finalmente terminamos o Skeleton-Jigsaw em outubro! Demorei para postar sobre isso aqui no blog por falta de tempo, mas aqui está! Eu e o Rafael Masoni trabalhamos nesse jogo durante quase 1 ano (começamos a falar dele no comecinho de janeiro) investindo nosso tempo livre para fazer todas as partes do jogo (audio, programação, arte, game design, level design e etc). Vou descrever um pouco do que fizemos e como organizamos, mas vai ser apenas um resumo do que falamos na nossa palestra no Guru-SP:

Saudades do Poker

Apesar de eu não ser bom o suficiente eu curto bastante jogar poker, mas as poucas vezes que me juntei com os amigos pessoalmente para jogar foi na época da faculdade, que marcavamos as “poker nights” e jogavamos apostando pequenas quantias. Depois de sair da faculdade eu sempre penso em tentar juntar aquele pessoal novamente, ou até mesmo juntar outras pessoas para poder jogar, mas eu acho difícil conseguir contato com o aquele pessoal novamente e a galera que eu tenho contato hoje geralmente não sabem jogar e tampouco se importam em aprender, ainda mais quando sabem que o jogo só tem graça quando está valendo dinheiro.

A lifestyle

Just a transcript from here, but it reflects my way of life at this stage of my life: We believe in going our own way,no matter which way the rest of the world is going. We believe in bucking the system that’s built to smash individuals as bugs on a windshield. Some of us believe in the man upstairs.All of us believe in sticking in to the man down here. We believe in the sky and we don’t believe in the sunroof.

Javascript and Gamedev discussion

I read the blog post from Impact engine creator Dominic where he shows an email he sent to John Carmack about his opinions on Javascript expressed on his keynote. Dominic is trying to show that Javascript is not a good language to develop the next AAA game but it is awesome to make simple games and have it easily available to the world. We have a lot of negative comments on the post (I really don’t know why) but some good ones too.

Kernel compiling

Since I bought an Acer notebook to use Linux again (I sold my mac, I have a post about it but in portuguese) I started to compile my own kernel. The reasons for the decision: I have a hardware that works better with the newer kernels. I really want to understand the linux kernel better. As Judas Priest sings on Painkiller song: “I’m living on the eeeeeedge”. LOL How to proceed There are some steps to follow when compiling a new kernel for your Linux box:

Menos mac e mais Linux

TL; DR Usei mac por mais de 6 meses e decidi voltar ao Linux. Na minha opinião mac não é ruim, mas Linux é melhor. A idéia desse post não é fazer um flame war, muito menos justificar porque eu voltei para o Linux (afinal, eu não devo nada pra ninguém), e sim falar um pouco do que eu vi de vantagens e desvantagens no Mac e porque eu resolvi voltar a usar Linux.

Aprendendo com o código do Quake

Desde que eu terminei a faculdade eu venho lendo bastante coisa útil (foi muita coisa inútil durante 4 anos…) e aprendendo bastante coisa. Nos ultimos meses eu li vários code reviews dos códigos do Quake e do Doom. Os review foram feitos por Fabien Anglard e estão todos disponíveis no site dele http://fabiensanglard.net. O primeiro artigo que eu li foi sobre o code review do código do Quake 2 de 1997.

Simlinks for ruby on Debian Squeeze

Every time we need to deploy a new Ruby application on top of Debian Squeeze we need to fix some Ruby depedencies to make the application work as it should. It happens because we’re building using rvm instead of the packaged version of ruby, but it needed to be that way in order to use our old build server. I’ll keep it documented here: ln -s /usr/lib/libruby-1.9.1.so.1.9.1 /usr/lib/libruby.so.1.9 ln -s /usr/bin/rake1.

Palestra sobre implementacoes paralelas

Esse post ficou como draft desde que eu palestrei sobre implementações paralelas, e agora que eu lembrei dele decidi publicar! :) Bem, como eu disse, eu paletrei sobre implementacoes paralelas tanto na Locaweb como no Guru-SP. A idea da palestra vem de um post do John Carmack sobre implementações paralelas, e nesse post ele comenta sobre todos os tipos de implementação paralela que ele já utilizou e as que mais funcionaram para cada tipo de caso.

XMPP e Ruby

Alguns (vários…) meses atrás eu fiz uma palestra pequena no Guru-SP(São Paulo Ruby Users Group) sobre Ruby e XMPP, os vídeos e slides estão disponíveis: Nessa talk eu mostrei como criar dois bots simples e como subir eles na sua conta do Gmail. A Gem blather tem uma DSL bem legal para trabalhar com XMPP em Ruby, mas nos meus testes funcionou muito melhor com ruby 1.9.3 do que com 1.